×
SESC

Vem aí Mostra Sesc de Música Vozes de Goiás

Evento gratuito

Confira a programação completa

03 Mai 2019 17h40 atualizado 13 Mai 2019 16h52


Neste mês, o Serviço Social do Comércio promove nos dias 24, 25 e 26 a Mostra Sesc de Música Vozes de Goiás. O circuito será realizado no Sesc Itumbiara e contará com diversos shows gratuitos de bandas locais, abertos à comunidade. 

Levando diversidade musical e incorporando sonoridades características de cada estado do Brasil, a Mostra tem como objetivos principais; o incentivo a criatividade e fomentação a produção musical. Fornecendo ainda capacitação aos músicos locais, em busca de fortalecer a identidade musical da região. As vagas para participação nas oficinas gratuitas são limitadas e as inscrições devem ser efetuadas pessoalmente na unidade, que fica localizado na Rua Severiano de Paula, no Setor Bela Vista. 

O cantor e apresentador da Globo Toni Garrido é um dos nomes de destaque nesta edição. Os ingressos para o show do músico já estão sendo vendidos no Sesc Itumbiara, nos valores de R$ 50 para o público em geral e R$ 25 para conveniados. Já para os trabalhadores do comércio de bens serviços e turismo que estiverem com cartão Sesc atualizado, ingresso saí a R$15. 

 

  • Sexta-feira, dia 24/05

10h - Oficina gratuita: A identidade cultural caipira metropolitana: estágios avançados do modernismo brasileiro, com Hugo Vaz e Mazombo 

Contextualizar as manifestações artísticas atuais no âmbito do processo de construção da identidade cultural caipira metropolitana. Entre uma canção executada e outra, o público poderá interagir livre e abertamente.

 

14h -  Oficina gratuita: Construção de instrumentos musicais com objetos sonoros, com Danilo Rosolen

Despertar o olhar e o ouvir para objetos antes descartados como lixo, mas que, após uma pesquisa mais aprofundada, revelam timbres e sons únicos. Serão abordadas técnicas de luthieria, tipos de baquetas, modos de acionar a vibração de cada instrumento, entre outros.

 

14h -  Oficina gratuita: Guitarra avançada , com Maurício Lavenére

A oficina abordará harmonia, improvisação e técnicas para guitarra. Nascido em Brasília e músico profissional desde 1983, o ministrante já acompanhou diversos artistas, entre eles Cássia Eller, Zélia Duncan e Fábio Júnior. 

 

18h -  Prosa cultural: Produção musical em Goiás, com Alex Voltagem, Hugo Vaz e Marco Antonini 

Uma roda de conversa sobre produção cultural, desafios, atual cenário musical em Goiás e no Brasil, além de distribuição, gravação e divulgação da produção musical.

 

20h - Show com Toni Garrido (ingressos à venda na unidade)

Antônio Bento da Silva Filho, mais conhecido pelo seu nome artístico Toni Garrido, é um cantor, compositor, apresentador de tv e ator. Com mais de 30 anos de carreira, Toni é considerado como um dos maiores intérpretes da música brasileira. No repertório do show é possível contar com canções de própria autoria e de parcerias de sucesso, como “Girassol”, “A Sombra da Maldade”, “Estrada”, “ e muito mais.

 

  • Sábado, dia 25/05

8h às 12h-  Oficina gratuita: Percussão – Vida Seca

O projeto “Lixo ritmado, batuque reciclado” consiste em oficinas de percussão usando como instrumentos objetos reaproveitados do lixo e da sucata. A ideia é despertar nas pessoas, principalmente em crianças e jovens, a autonomia para construir e tocar instrumentos de percussão a partir de matérias-primas consideradas de pouco valor. 

 

9h- Oficina gratuita: Técnica vocal, com Bebel Roriz (Sesc)

Compositora e cantora popular e erudita da Orquestra Sinfônica de Goiânia, a ministrante vai abordar fisiologia da voz, aquecimento, colocação vocal, afinação, respiração, repertório e interpretação.

 

12h- Oficina gratuita: Elaboração de projetos culturais, com Marcelo Carneiro 

O que é um projeto? Como funciona? Para quem? Por que foi pensado e proposto? Quando e onde? Quanto custará? Como será divulgado? Nessa oficina serão abordados de forma mais simples e prática conceitos gerais, planejamento e etapas de um projeto, além das leis de incentivo à cultura. 

 

12h- Oficina gratuita: Produção cultural, Fernanda Fernandes 

Um diálogo sobre demandas, diversidade e desafios da produção cênica, por meio de relatos, estudos e trabalhos executados na prática. Um apanhado a respeito da produção de espetáculos de Artes Cênicas e de Música, com suas especificidades.

 

16h- Show gratuito: Vida Seca 

Com pesquisas que rompem as fronteiras nacionais, o grupo desenvolve há 15 anos trabalho pioneiro de pesquisa e construção de instrumentos musicais com materiais descartados e alternativos, montando um acervo instrumental único em Goiás.

 

17h – Show gratuito: Maria Eugênia

Conhecida e reconhecida por gravar, desde o início da carreira, em 1992, compositores goianos, a cantora lança agora seu CD de regravações, Fui eu. Depois de comemorar, ano passado, 25 anos do primeiro disco, ela se impôs este desafio de surpreender os fãs e de se surpreender, saindo da zona de conforto como cantora romântica ou regionalista e enveredando por sucessos dos anos 80, a maioria deles de rock. 

 

18h – Show gratuito: Pádua

O cantor e compositor apresenta o show Cantando histórias, um pequeno apanhado dos 42 anos de carreira musical. No repertório, obras já consagradas e músicas inéditas. Um show de celebração e confraternização com o público desse artista que integra o elenco de grandes nomes da música feita em Goiás.

 

19h – Show gratuito: Mundhumano

Da proposta híbrida, na relação entre orgânico e eletrônico, a Mundhumano faz música preta brasileira de própria autoria e passeia por clássicos da música nacional. Sonoridades que invadem corpos e mentes, transbordam ancestralidades e nos reconectam com a existência preta atlântica. A banda é formada por Nina Soldera (voz), Kleuber Garcêz (violão), César Henrique (guitarra), Rafael Lenza (contrabaixo), Pedro Verano (flauta) e Qönan (percussão e eletrônicos).

 

20h – Show gratuito: Rollin Chamas

Passou muito tempo, é verdade. Quando o primeiro disco do Rollin’ Chamas ganhou vida, o mundo era outro: 2004. Cá estamos, e nunca foi tão necessário gritar. Nunca foi tão necessário tocar rock. Nunca foi tão necessário se posicionar. Nunca foi tão necessário afirmar o slogan: “sou goiano e foda-se”! Quem conhece a banda sabe que o que parece brincadeira, para os dementes Fal, Leozinho, Thiago e Rodrigo trata-se de coisa seríssima. É zoeira, mas dá um toque. É piada, mas tem fundo de verdade. É tosco, mas é bem feito.

 

21h – Show gratuito: Chá de Gim

Destaque no cenário atual, a banda propõe exibir aos seus fãs, além de canções do primeiro álbum, outras já bastante aplaudidas, como Canção do futuro, Preto velho e Sai do apartamento. São realizadas também intervenções poéticas em forma de contos cordelistas que acrescentam peso à lucida mensagem das letras. Reconhecida como banda de MPB e psicodelia que adentra as raízes da cultura brasileira, aliando o tradicional ao novo, percorre os ritmos de todas. É formada por Alexandre Akires (bateria), Bernardo Rodrigues (voz, contrabaixo), Caramuru (guitarra, voz, violão) e Diego Wander (voz, percussões)

 

  • Domingo, dia 26/05

17h – Show gratuito: Cláudia Vieira

Liberdade, poesia, letras fortes e melodias marcantes: a receita para a escolha do repertório do show Minha liberdade presenteia o público com um trabalho ora alegre, ora intimista e livre de compromissos com mensagens ou gêneros musicais. Samba, jazz, baladas e bossa-nova, com a mais profunda essência da cantora! Ela interpreta canções de seus três CDs solo e músicas da nossa MPB, em uma seleção que mostra a alegria, a felicidade, a paixão, o romance, a contemplação. O que acontece entre o hiato de nascer e morrer? Grandes acontecimentos? Pequenos fatos? Tragédias? Alegrias? Tudo pertinente a todos nós, que estamos vivos.

 

18h – Show gratuito: Nila Branco

Nascida em Minas Gerais, ela certamente é figura entre os nomes que aparecem em um time de grandes cantoras da música brasileira! Com excelente timbre vocal, iniciou a carreira em Goiânia, na cena underground da época, onde se tornou figura importante, até a ida para São Paulo, quando assinou com sua primeira gravadora. Passou então a frequentar trilhas de novelas, programas de TVs e também as paradas nacionais de rádio, figurando entre as mais executadas. Atualmente, se encontra na divulgação de seu nono trabalho, o elogiado CD Azul anil, que tem um som maduro e passeia bem pela MPB e o pop.

 

19h – Show gratuito: Casa Bizantina

Guitarras vibrantes e batidas desconcertantes, combinando poesia e música. Esse é o mote do som dessa banda goianiense que surge no tradicional bairro de Campinas e já lançou cinco álbuns. Formada pelos músicos Fabiano Lin (vocais/guitarra), Evandro Putz (guitarra), Thiago Boss (teclado) e Victor Oliveira (baixo), a banda se preocupa em tornar híbridos os elementos sonoros, tentando, nas composições, resgatar a cultura musical brasileira, mesclando-a com componentes do rock. O resultado da virtuosa mistura, que liquidifica influências dos anos 1970 e 80, é quase visceral. 

 

20h – Show gratuito: Terra Cabula

O show apresenta composições que evocam, a cada sonoridade, um mergulho ancestral como um grito de resistência, desbravando as diversas camadas presentes na cultura afro-brasileira em um diálogo pulsante entre diversos gêneros musicais como rock, jazz, tango, cúmbia, entre outros, resultando em uma diversidade rítmica e harmônica. Com uma ambientação singular, o grupo promete levar o público a partilhar uma vivência das origens sincréticas brasileiras, em sua essência provocante e híbrida.

 

21h – Show gratuito: Mr. Gyn

Formada por Anderson Richards (vocal), Rodrigo Baiocchi (baixo), Marcos César (bateria) e Elvis Barzotto (guitarra), um projeto que começou em 1997 segue com músicas que compõem as histórias de muitas pessoas não só em Goiás como Brasil afora, atraindo sempre novos fãs. Com nove álbuns, sendo 3 DVDs ao vivo e mais de trinta músicas tocadas nas rádios, a banda vem trabalhando músicas do DVD mais recente, Mr. Gyn 20 Anos.