×
SESC

Sustentabilidade: Sesc Goiás visa reduzir número de impressões de carteiras em PVC

Informativo

Pensando no impacto ambiental causado pelo PVC, o Sesc Goiás mudou a dinâmica de impressão de suas carteiras

14 Mar 2017 10h28 atualizado 03 Abr 2017 08h29

O design da carteira do Sesc Goiás mudou. Agora ela irá receber um selo de segurança contendo a data de validade do documento. A partir de 2018, nas próximas revalidações, não serão mais emitidas novas carteiras, somente o selo com a data de validade será trocado. Esse selo é confeccionado em um adesivo de altíssima aderência e que se quebra em micropartículas ao tentar retirá-lo, evitando que o selo saia durante o uso da carteira. A sua carteira só será trocada no dia da revalidação, não sendo necessário ir até uma unidade do Sesc para fazer a mudança.

Assim, a carteira do Sesc em PVC passará a ser emitida apenas uma vez: no primeiro cadastro do cliente. Por isso, os cuidados com a sua carteira devem ser redobrados já que não será emitida uma nova a cada revalidação, apenas o selo será substituído a cada ano. Se bem cuidada, a carteira do Sesc poderá durar de 3 a 5 anos. Lembre-se que sua carteira é a sua identidade Sesc. Para ter acesso aos nossos serviços e unidades é preciso apresentá-la.

A carteira do Sesc permanece gratuita para os comerciários e seus dependentes e com data de validade de um ano. Para cadastrar no Sesc e ter a sua carteira, basta comparecer a uma de nossas unidades munido dos documentos: carteira de trabalho atualizada, último contracheque, carteira de identidade e CPF (obrigatório o CPF para dependentes com idade igual ou superior a 12 anos), comprovante de endereço,  uma foto 3X4 recente e GFIP/GPS (retirar na empresa em que trabalha).

Sustentabilidade

Com a mudança na dinâmica de impressão, mais de 200 mil carteiras do Sesc deixarão de ser impressas a cada ano, diminuindo o impacto ambiental causado pelo PVC (Cloreto de Polivinila), material poluente e de difícil reciclagem.  O PVC é produzido a partir do cloreto de sódio, petróleo e exige a adição de cinquenta aditivos químicos para ser estabilizado. Alguns destes aditivos são substâncias tóxicas como o chumbo ou cádmio, além da tinta utilizada para a impressão das informações da carteira, que se libertam do material durante sua reciclagem, por isso a dificuldade das empresas em reciclá-lo. 

A iniciativa é uma das várias ações do Programa Ecos de Sustentabilidade CNC/Sesc/Senac, que tem como missão planejar, propor, executar e apoiar ações que induzam à prática intersetorial e colaborativa da sustentabilidade nas atividades desenvolvidas nos âmbitos da CNC (Confederação Nacional do Comércio), do Sesc e do Senac, com o objetivo de mitigar os impactos socioambientais e otimizar os recursos das instituições.

Dicas para cuidar da sua carteira do Sesc:

Não a deixe exposta ao sol. O calor resseca o PVC e a impressão, deixando sua carteira desbotada
Evite deixá-la junto com outros objetos que possam arranhá-la, como canetas, moedas e chaves. O ideal é guardá-la sempre na carteira, separada dos demais documentos.
Se precisar lavar, utilize apenas água, sem esfregar.