×
SESC

Educar para a paz: diálogo sobre bullying, família e escola

Informativo

Tema é reflexão na Semana Pedagógica do Mestre Aprendiz 2018

11 Jan 2018 16h45 atualizado 11 Jan 2018 16h59

Começar o ano com um diálogo sobre bullying é importante para se promover um momento de sensibilidade e reflexão para a atuação pedagógica. Tema esse que exige discussões no espaço educativo, envolvendo escola, alunos e pais. E com esse objetivo, o Sesc Goiás inicia o ano letivo de 2018 com mais uma Semana do Mestre Aprendiz, reunindo professores, coordenadores, orientadores e diretores.

Na manhã de hoje (11) o Sesc Cidadania recebeu a abertura desta Semana Pedagógica realizada para os servidores das unidades de educação infantil, ensino fundamental e médio e cursos de idiomas (Centro Educacional Sesc Cidadania, Sesc Educação Continuada, Sesc Faiçalville, Sesc Universitário, Sesc Anápolis e Sesc Itumbiara). A mestre em psicologia, Georgia Ferreira Tavares Bueno, realizou a palestra “Educar para a paz: diálogo sobre bullying, família e escola” e falou sobre este fenômeno que tem como personagens o agressor, a vítima e o espectador, as causas, os comportamentos, os tipos e  as consequências do bullying, além de apresentar ao final as propostas de Educação para a Paz, uma nova prática para que os professores ajudem os alunos e a si mesmos.

A psicóloga ressalta a importância do Sesc estar preocupado com essa temática e levar para o debate com os professores, trazendo essa formação de compreensão do que é, como é, como cada um vivencia, como observar, como tratar e o que fazer realmente com este fenômeno tão grave. “O bullying não é paixão, mas afeta o coração. Afeta toda uma estrutura de personalidade. A gente não tem noção da gravidade que é. O combate ao bullying passa pelo entendimento daquilo que se passa dentro de cada um de nós. Se eu não consigo identificar bem aquilo que se passa dentro de mim, como irei identificar o que passa dentro do outro? Preciso compreender as minhas emoções, saber expressá-las para que eu também possa ensinar ou observar”, finaliza Georgia.

A diretora de Ação Educacional do Sesc Goiás em exercício, Sênia Silva de Moura, deu as boas-vindas a todos os educadores para mais um ano de trabalho em equipe e agradeceu por tudo o que foi desenvolvido em 2017. Ela também reforçou a importância de se falar cada vez mais sobre o bullying e seus desdobramentos: “temos que alinhar cada vez mais o papel da escola e da família diante questões tão sérias como essas, que se forem mal trabalhadas ou não percebidas a tempo, podem trazer consequências graves ao emocional dos nossos alunos”.

Nos próximos dias da Semana do Mestre Aprendiz as equipes reunirão em suas unidades para os estudos e planejamentos das atividades e ações de 2018.